Arquivo de Tag | info

A bezerrinha já tem nome

Tarefa mais difícil essa a de decidir como uma pessoa será conhecida no mundo extra-uterino não? São tantas coisas que temos que ter em conta: se o nome é fácil de entender ou se vai passar a vida soletrando o mesmo, se combina com os sobrenomes dos pais, se funciona nos dois países (nascerá na Espanha e crescerá no Brasil, não esqueçam deste detalhe), se pode gerar piadinhas e brincadeiras de mau-gosto, se é bonito, se tem força, se vai trazer sucesso, se, se, se,…

O Tourinho e eu fizemos uma pequena lista com menos de 10 nomes, porque quantos mais pior seria, e fomos reduzindo a lista até ficar em 2 ou 3 favoritos. Nesse processo todo mundo dá palpite: a família, os amigos, até o porteiro! Mas o abacaxi quem têm que descascar são os progenitores, que foram os que se meteram nessa aventura e agora têm que arcar com as conseqüências.

Pois demos umas quantas voltas, demoramos uns quantos dias, mas só um nome nos conquistou desde o comecinho, quando a bezerrinha ainda era um feijãozinho sem sexo definido: LAIA.

Laia

Sim, só quatro letrinhas, com significados distintos em ambas línguas (somos conscientes disso), mas com uma história especial que ela vai levar sempre: ela foi planejada, encomendada e será parida em Barcelona, e mesmo que seja criada como uma gauchinha mais, sempre se sentirá um pouquinho catalã.

Hoje em dia tem tanto nome maluco no Brasil, sejam estrangeiros ou inventados, que achamos que esse é dos mais “normaizinhos” até. Aqui ficam registrados os significados do nome da nossa filhota:

1º – Laia era a deusa dos laietanos, uma tribo ibérica pré-romana (século III a.C.) que habitava Laie, as regiões que hoje compõe parte da Catalunha (Maresme, Barcelonès, Baix Llobregat e Vallès). Laia “a arqueira” era a deusa da fecundidade da terra, e carrega consigo um arco (maternal, fértil, mas terrível quando se defende). Esse povo era pagão e tinha seus próprios ritos, e com a cristianização o nome Laia foi associado à Eulália.

2º – Com a associação à Eulália, se tornou seu diminutivo. Nome de origem grega que significa “a eloqüente, a que fala bem”. Composto pelo prefixo “eu” (bem) e sufixo “lalein” (falar). Santa Eulália é a padroeira de Barcelona

Eu que provavelmente concebi em pleno Halloween, amei o significado pagão do nome! 😉

Agora é torcer para que ela seja sempre muito abençoada, venha com muita saúde, e tenha todo o sucesso do mundo!

 

Fontes da pesquisa:

http://avitomas31.blogspot.com.es/2009/11/laia-o-laya-el-nombre-de-nuestra.html

http://es.wikipedia.org/wiki/Layetanos

http://mamaymama.blogspot.com.es/2009/12/diosa-laia.html

http://www.sellamara.com/nombre/laia

http://www.misapellidos.com/significado-de-Laia-23358.html

http://ciguenaencamino.blogspot.com.es/2010/01/nuestra-nena-se-llamara-laia.html

E quando diabos eu ovulo?

Eu tenho um pouco de dificuldade de saber quando estou ovulando e quando não. É temperatura basal pra cá, mucosidade vaginal pra lá, e eu fico perdida. Mais ou menos estou calculando lá pela metade dos 30 dias que estou tendo de ciclo, mas nem saber o dia que começa eu sei! É quando sai a primeira “borra de café”? É o dia que vem com tudo, até com cólica? Entrei nos calculadores de ovulação de alguns dos sites que olho e tem uns que mais confundem que explicam. Deixo um aqui por se alguém também quer olhar que achei mais facilzinho.

Mas estou pensando seriamente em comprar um teste de ovulação, para pelo menos no próximo mês saber definir o meu período fértil e quem sabe poder me planejar e organizar nos seguintes. Acho que vou passar na minha farmácia preferida onde são todos uns fofos e perguntar o que recomendam.

A princípio acertei o cálculo do meu período fértil de agosto e tirei o couro do tourinho, mas não acho que estou grávida ainda, outra vez não rolou… fico um pouco xatiada com isso porque cada vez mais quero procriar, mas tento seguir uma das máximas em que sempre acreditei: tudo acontece (ou deixa de acontecer) por alguma razão, “estava escrito”. Se é pra ter um bezerrinho vamos ter, e na hora certa. Mas e a ansiedade da pessoa? Difícil manter essa serenidade e esperar o mundo dar as suas voltas. Tenho tentado não ficar bitolada e mudar o foco, o verão ajuda porque entre idas à praia e comprinhas na liquidação eu me distraio bastante!

Hoje aproveitei para dar uma geral nas minhas leituras “maternísticas”, mas se a monstra não atrasar e vier essa semana, prometo ficar afastada uns dias dos blogs e sites de mâmis.

Pastando por aí

Em primeiro lugar: não rolou! Meio óbvio, mas enfim… tive meu segundo período fértil “na ativa”, e graças aos céus finalmente minha libido voltou ao normal (aliás, estive um pouco mais assanhada do que o normal, amei!). Acho que não engravidei, a monstra deve chegar nos próximos dias, e se eu seguir sendo reloginho na próxima semana já sei se devo fazer um teste de farmácia ou não.

Mas bem, vamos ao que interessa: pastando por aí encontro muitas coisas que gosto, e sempre que achar algo fofo, interessante, intrigante, tentarei postar. Hoje como já estou com muito sono vou mostrar só duas fotinhos que uma “colaboradora secreta” me mandou:

Como seria se o tourinho decidisse amamentar

Como seria se o tourinho decidisse amamentar

Das fotos que eu adoraria copiar: In&Out

Das fotos que eu adoraria copiar: In&Out

Vou ver se nos próximos dias me organizo um pouco e escrevo mais!