Mês #2

Depois de receber a grande notícia acho que houve uma mistura de sintomas reais, que só surgem a partir de um determinado período da gestação, e outros mais “psicológicos”.

Os mamilos estavam sensíveis desde o princípio, mas lá pelas 7-8 semanas os seios começaram a inchar. Um dia estava tomando banho e quando passei a mão em um dos seios tomei um susto por causa da dor que senti e do tamanho que estava, levei uns segundos para me dar conta que ambos estavam enormes e doloridos. Saí do banheiro e fui à cozinha consultar meu experto no assunto: levantei a camiseta e perguntei se o Tourinho via algo de diferente. Na hora ele disse que as tetas estavam imensas (senti certa satisfação da parte dele nessa constatação).

Além disso, tive alguns dias de cansaço extremo, normalmente sou bem sonolenta durante o dia mas estou sempre ligadona de noite, e tive uns dias de estar no sofá dando cabeçadas antes das 22h! O que era estranho é que logo o sono não era muito profundo, como se eu estivesse a noite toda em vigília, com muitos sonhos e acordava antes mesmo do despertador tocar. Ah, e a minha posição preferida para dormir já era: de bruços nem pensar, porque os peitos não deixam.

E os enjôos! Sim, os famosos e “novelísticos” enjôos não poderiam deixar de se apresentar. Em vários momentos do dia, por causa da fome, ou de um cheiro, ou algo que eu comia. Mas isso sim, praticamente não vomitava, era só a náusea mesmo, e às vezes uma ânsia sem “chamar o Hugo”. Com isso minha alimentação foi mudando sem que eu me desse conta: só queria saber de fruta, salada, iogurte e leite gelado, coisas leves e frescas.

Sou mijona, mas me superei: troquei um xixizinho noturno por 3-4 idas ao banheiro na madruga, sendo que pelo menos uma destas vezes eu tinha que fazer um lanchinho! Aliás, a fome da pessoa é permanente. Menos mal que as porções pequenas já me satisfazem, senão meu futuro é negro. Eu já comia várias vezes ao dia, mas agora eu quase morro se não como, é o bezerrinho exigindo a sua parte…

Tive alguns sangramentos fraquinhos, me disseram para pegar mais leve e descansar sempre que possível, e a pança foi ficando mais redondinha e durinha, sem nenhum sobressalto.

Fotinho do segundo mês:

Mês #2

Anúncios

2 pensamentos sobre “Mês #2

Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s